Projetos Cursos e Eventos Pesquisas e Publicações Redes e Parcerias

Canal de Videos


Campanhas

 

 

Redes Sociais

Acompanhe-nos no Facebook:

 

facebook Perfil Institucional

 

facebook Taramandahy - Fase II

 

08/06/2018

 

Projeto Taramandahy – Fase III promoveu oficina de Calda sulfocálcica

Técnica ajuda como protetor das plantas e colabora para a transição agroecológica

Dia 23 de maio, a equipe técnica em assessoria agroecológica do Projeto Taramandahy – Fase III realizou a primeira Oficina temática em agricultura sustentável e adequação ambiental. A atividade ocorreu na propriedade rural do Sr. Agedi Espindola, no município de Terra de Areia. Ele é agricultor familiar, produtor de abacaxi e assessorado pelo Projeto. Na ocasião, foi elaborada a Calda Sulfocálcica: preparado a base de cal virgem e enxofre que possui efeito de proteção das plantas contra doenças e insetos, ajudando também, em sua nutrição.  Esta é uma tecnologia sustentável que colabora para reduzir o uso de produtos contaminantes dos alimentos, solo e água, qualificando, dessa forma, a conservação dos recursos hídricos da Bacia do Tramandaí.

 

Segundo o assessor em agroecologia do Projeto, Gustavo Martins, “a Calda Sulfocálcica é de baixo custo e seu uso é permitido na produção orgânica de alimentos. Isso a torna uma alternativa técnica para agricultores familiares em transição para agricultura de base ecológica”.

 

As oficinas temáticas têm por objetivo contribuir para a construção de conhecimento sobre agricultura ecológica, auxiliar no planejamento das propriedades rurais e valorizar a sociobiodiversidade junto às famílias agricultoras e técnicos. Elas fazem parte do ‘Programa de conservação integrada dos recursos hídricos, solo e floresta’, orientado pelo Projeto Taramandahy – Fase III, realizado pela Anama e patrocinado pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental e Governo Federal. Até o ano de 2020, serão promovidas dez oficinas sob a temática da agricultura sustentável e adequação ambiental.

 

Cerca de vinte famílias agricultoras assessoradas pelo Projeto participaram da formação. Entre elas, encontram-se as que estão em processo de transição para a agricultura orgânica e as que já tem seus produtos certificados e necessitam de alternativas técnicas ecoeficientes para manter suas produções. A agricultora Elisabetha Sulzbach Kath participou pela primeira vez de uma oficina de um produto fitoprotetor. De forma ecológica, ela produz morangos, plantas medicinais e verduras para a feira do município de Capão da Canoa. Havia pesquisado sobre a calda sulfocálcica, mas estava à procura de uma formação prática: “... estava sem coragem de me aventurar sem um apoio técnico”, esclarece ressaltando que na oficina, além das “palestras serem muito boas, a turma interagiu bastante e pode-se unir teoria com a prática”. “...Vou usar em frutíferas, morangos e o que mais for necessário”, determina a agricultora.

 


 

 

:: LISTA GERAL DE NOTÍCIAS

 

Ong ANAMA - RS - BRASIL| Todos os direitos reservados
   

Quem Somos

Área de Atuação
Onde Estamos
Equipe de Trabalho
Prêmios e Reconhecimentos

A Mata Atlântica

Localização
Ecossistemas
Relevância
Importância de Maquiné

Galeria de Fotos
Notícias
Contato
Mapa do Site
 

Ong Anama

 

contato@onganama.org.br
         

Criação e desenvolvimento: STA Studio