Projetos Cursos e Eventos Pesquisas e Publicações Redes e Parcerias

Canal de Videos


Campanhas

 

 

Redes Sociais

Acompanhe-nos no Facebook:

 

facebook Perfil Institucional

 

facebook Taramandahy - Fase II

 

04/02/2015

Projeto Taramandahy - FASE II

2ª Caiacada do Taramandahy – Fase II chama a atenção para funções ecológicas das lagoas

A 2ª Caiacada do Projeto Taramandahy – Fase II mobilizou cerca de sessenta canoístas na Lagoa Bacopari no sábado, 31 de janeiro. A atividade foi promovida pelo Projeto em parceria com o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Tramandaí, visando chamar a atenção da sociedade para a preservação da qualidade e da quantidade dos recursos hídricos disponíveis, utilizados para diferentes fins.

Além dos esportistas, um grande público prestigiou o evento. Antes da largada, os canoístas se uniram em torno do marco do nível d’água, em um abraço simbólico à lagoa, direcionando-se em seguida rumo à Bacopari II, também conhecida como Lagoa da Corvina. O percurso foi guiado pelo ecólogo Dilton de Castro, coordenador do Taramandahy – Fase II, que apresentou informações sobre a bacia hidrográfica em pontos específicos, durante os 10 quilômetros percorridos.


Na primeira parada, os canoístas passaram pelos juncais que circundam a lagoa, onde se forma uma transição do ecossistema úmido para o seco, conhecida como ecótono.  E avançaram para a mata original de restinga formada por capões e vegetação, geralmente associada às dunas em linhas de barreiras paralelas às lagoas ou ao mar. Após, seguiram para o local próximo a formações de paleodunas, nome dado àquelas formadas há cerca de 120 mil anos. Em direção à margem leste, foi possível avistar as dunas que separam a lagoa do mar, formando barreiras aos ventos, às tempestades e à intrusão de água salgada, além de armazenarem água doce. O sistema de dunas, paleodunas, mata e lagoa é protegido legalmente como Área de Preservação Permanente (APP). Na última parada antes da volta à praia, observaram uma nascente da lagoa, conhecida popularmente como ‘olho d’água’.


Entre os presentes, estavam atletas e iniciantes e até mesmo um cãozinho junto à dona, participava da Caiacada. Luciano Schimitz e sua esposa, Juliane Mello praticam a canoagem desde que estrearam na primeira Caiacada do Taramandahy – Fase II, realizada em 2014 no Rio Cardoso, em Três Cachoeiras. O casal vem remando nas águas do Guaíba e aproveitaram esta oportunidade, de se reunirem com outros adeptos pela causa maior da preservação das águas.


As Caiacadas são atividades do Projeto Taramandahy – Fase II, cujo patrocínio da Petrobras, através do Programa Petrobras Socioambiental, colabora efetivamente com a sensibilização e a educação ambiental, por meio de ações práticas como esta, de uso racional dos recursos hídricos. Desta vez, o esporte náutico limpo, que também visa promover o turismo sustentável de contemplação, contribuiu com a conservação dos recursos naturais.


A 2ª Caiacada teve apoio da Ceclimar/UFRGS (que colocou o barco a motor acompanhando o grupo), Jamboo Turismo, bombeiros da Brigada Militar do RS, agentes do GVBR / NUDEC – Maquiné (Grupo de Voluntários de Busca e Resgate e Núcleo de Defesa Civil) e do veranista Sérgio, que conduziu a todos com sua vasta experiência sobre a lagoa.

 

A 3ª Caiacada já tem data marcada para o próximo 22 de março, que comemora o Dia Mundial da Água, em Balneário Pinhal. Acompanhe as informações pelo site.

 

 

>>VEJA A GALERIA DE FOTOS COMPLETA

 

Fotografia:

1,3 e 5: Dilton de Castro

2: Joao D' Ávila

4: Anaiara Ventura

 


Anaiara Ventura - Assessoria de Imprensa

Jornalista MTB/RS: 15155

 

 


 

 

:: VOLTAR PARA LISTA GERAL DE NOTÍCIAS

 

Ong ANAMA - RS - BRASIL| Todos os direitos reservados
   

Quem Somos

Área de Atuação
Onde Estamos
Equipe de Trabalho
Prêmios e Reconhecimentos

A Mata Atlântica

Localização
Ecossistemas
Relevância
Importância de Maquiné

Galeria de Fotos
Notícias
Contato
Mapa do Site
 

Ong Anama

 

contato@onganama.org.br
         

Criação e desenvolvimento: STA Studio | Hospedado por Median Host