Projetos Cursos e Eventos Pesquisas e Publicações Redes e Parcerias

Canal de Videos


Campanhas

 

 

Redes Sociais

Acompanhe-nos no Facebook:

 

facebook Perfil Institucional

 

facebook Taramandahy - Fase II

 

09/09/2014

Projeto Taramandahy - FASE II

Taramandahy – Fase II dá início à Formação em Permacultura na Escola

“A abordagem metodológica da Formação em Permacultura na Escola é focada no design da permacultura e estabelecida através da autogestão pedagógica. Somos todos aprendizes e nesta formação, nada vai ser mastigado para vocês, até porque mastigar faz bem à saúde física, mental e espiritual”, afirmou Juliano de Paiva Riciardi, arte-educador e permacultor, no primeiro dos cinco ciclos que teve início dia 30 de agosto, nas dependências da Faculdade Cenecista de Osório.


O ciclo Introdução à Ecoalfabetização e ao Ecodesign deu início à formação realizada pelo Projeto Taramandahy – Fase II, patrocinado pela Petrobras, através do Programa Petrobras Socioambiental, o qual incentiva mais uma multiplicação de saberes seguindo os propósitos da educação e sensibilização ambiental. A formação, segundo Riciardi, visará à construção do conhecimento, da reflexão sobre o conhecimento, da maquinação de ideias, do aprendizado através do coração, e do conhecimento prático e criativo, simbolizado também através das mãos.


Também estavam presentes outros facilitadores do curso, como a coordenadora pedagógica do Projeto Taramandahy, Valéria Bastos e a permacultora Luciana Kalil. Os 30 inscritos presentes vieram de diferentes instituições e municípios da Bacia do Rio Tramandaí, Região Metropolitana de Porto Alegre e de Imbituba/SC.


Reunidos em pequenos grupos, os participantes interagiram nos diversos ambientes de aprendizagens instalados: ambiente lúdico com recursos didáticos, caixa com livros, cartilhas, diários, jogos e instrumentos musicais; o ambiente virtual, para consulta ao tema ecologia; espaço de encontro e reflexão; oficina de papel reciclado; exposição fotográfica; e a cozinha ecológica móvel de culinária e agroecologia. Além disso, os momentos de café – com degustação de pães da agroindústria familiar agroecológica, pastas caseiras, frutas e sucos de frutas nativas - também serviram para interação educativa de manhã e de tarde.


A criação de ambientes de aprendizagens é uma proposta lúdico-educativa da formação, com ênfase na transdisciplinaridade, que aproveita o conhecimento de cada participante e fomenta a interatividade. Após a interação com os ambientes, os grupos apresentaram suas reflexões sobre os conceitos de ecoalfabetização e ecodesign, entre as quais surgiram proposições como autonomia; respeito; organização; sensibilização; criação; amor; inter-relação com harmonia; de que “para comer tem que saber reciclar”; experimentação, multiplicação; reaprendizado; sentido e vontade.


À tarde, os educadores ambientais participaram de uma oficina de papel reciclado, onde todos puderam confeccionar as folhas de papel com jornal reciclado. No aprendizado sobre alimentação saudável, apresentado por Valéria Bastos na cozinha ecológica móvel, todos tiveram a oportunidade de preparar uma tapioca e saboreá-la. O prato de tapioca, conforme explicou a educadora, é uma alternativa para reduzir o consumo de trigo que geralmente é plantado de forma convencional com uso de agrotóxicos e fora do Brasil. A tapioca é feita com polvilho, que é a fécula da mandioca, a qual é cultivada em todas as regiões do país.


Um dos participantes, o educador físico Luiz Alberto Della Mea Bertazzon, explicou que seu objetivo é levar o conhecimento da formação para a escola em que trabalha. Ele é professor no Instituto Estadual Riachuelo e aluno do curso de Gestão Ambiental na Uniasselvi, em Capão da Canoa. Na escola, ele participa de um grupo de professores que tem uma forte atuação nos princípios da educação ambiental.

A Formação em Permacultura na Escola continua no dia 13 de setembro com o segundo ciclo que abordará os Princípios da Permacultura. Ainda em setembro, dia 27,ocorrerá o ciclo III sobre Padrões e Sabedorias da Natureza. Em outubro, serão mais dois encontros: dia 11 sob o tema Metodologias do Design e dia 25, sobre Design Aplicado na Escola, totalizando 40 horas de formação gratuita.

 

>> VEJA A GALERIA DE FOTOS DO EVENTO COMPLETA

 

Anaiara Ventura - Assessoria de Imprensa

Jornalista MTB/RS: 15155

 

 


 

 

:: VOLTAR PARA LISTA GERAL DE NOTÍCIAS

 

Ong ANAMA - RS - BRASIL| Todos os direitos reservados
   

Quem Somos

Área de Atuação
Onde Estamos
Equipe de Trabalho
Prêmios e Reconhecimentos

A Mata Atlântica

Localização
Ecossistemas
Relevância
Importância de Maquiné

Galeria de Fotos
Notícias
Contato
Mapa do Site
 

Ong Anama

 

contato@onganama.org.br
         

Criação e desenvolvimento: STA Studio | Hospedado por Median Host