Projetos Cursos e Eventos Pesquisas e Publicações Redes e Parcerias

Canal de Videos


Campanhas

 

 

Redes Sociais

Acompanhe-nos no Facebook:

 

facebook Perfil Institucional

 

facebook Taramandahy - Fase II

 

24/03/2014

Projeto Taramandahy - FASE II

Caiacada reuniu esportistas e visitantes nas margens do Rio Cardoso, em Três Cachoeiras

No Dia Mundial da Água – 22 de março, 23 caiaqueiros do Litoral Norte e da Região Metropolitana de Porto Alegre, remaram pelas águas do Rio Cardoso na I Caiacada do Projeto Taramandahy: gestão integrada dos recursos hídricos na bacia do Tramandaí - Fase II, patrocinado pela Petrobras. O evento, realizado pela ONG Anama (Ação Nascente Maquiné), tem como objetivo a promoção de educação ambiental por meio da prática de esportes náuticos limpos e contemplativos nas Lagoas e Rios da Bacia Hidrográfica.

Senhor Anilton Brambila Carlos

A caiacada teve largada e chegada no município de Três Cachoeiras, na propriedade de seu Anilton Brambila Carlos, que com sua família recebeu gentilmente a equipe de apoio e participantes. Seu Anilton não entrou na água, mas estava radiante com a realização do evento: “Aqui, a caiacada pode ocorrer mais vezes por ano, pois foi muito bonito e interessante. Poderia ser uma vez por mês, para despertar a juventude da região”. O filho dele, Alexson da Motta Carlos participou pela primeira vez.

 


Juliane e Luciano remam pela primeira vez

Assim como Alex, outros esportistas estavam estreando. O casal Juliane Mello e Luciano Schmitz veio da Região Metropolitana, da cidade de Novo Hamburgo, sem nunca terem remado. Luciano explicou que a prática de esportes fazia parte de sua vida, até sofrer uma lesão nas articulações da região dos quadris. A possibilidade de praticar um esporte que não exija tanto esforço das pernas foi o que trouxe Luciano e sua esposa para a caiacada. Juliane estava entusiasmada com a nova experiência.

Luci e Vanderlei Tonete com o pai dele antes da largada

Luci e Vanderlei Tonete são veteranos nas águas da Lagoa da Pinguela, em Osório, porém, estreantes na caiacada. Ao chegar, ela foi logo declarando “para mim, remar quando venta é remar com emoção”. Luci não se assustou com a chuva fina e o vento persistentes na manhã do evento e afirmou que adora remar, sendo adepta do esporte diariamente, assim como o marido.

 

Devido às condições climáticas da manhã de sábado, a proposta inicial do percurso, que era ir até a Lagoa de Itapeva, foi redirecionada até a Ponte sobre o Rio Cardoso, na BR101, retornando então, para o ponto de largada. A atividade contou com o apoio do 9º Comando Regional de Bombeiros do Litoral Norte, Agência da Capitania dos Portos de Tramandaí, Brigada Militar de Três Cachoeiras, Prefeitura de Três Cachoeiras, Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Tramandaí, Jamboo Turismo e GVBS (Grupo Voluntários de Busca e Salvamento de Maquiné). 

 

O Projeto prevê mais três caiacadas em diferentes pontos da bacia do Rio Tramandaí.

 

:: VEJA A GALERIA DE FOTOS DO EVENTO

 

Bookmark and Share


 

 

:: VOLTAR PARA LISTA GERAL DE NOTÍCIAS

 

Ong ANAMA - RS - BRASIL| Todos os direitos reservados
   

Quem Somos

Área de Atuação
Onde Estamos
Equipe de Trabalho
Prêmios e Reconhecimentos

A Mata Atlântica

Localização
Ecossistemas
Relevância
Importância de Maquiné

Galeria de Fotos
Notícias
Contato
Mapa do Site
 

Ong Anama

 

contato@onganama.org.br
         

Criação e desenvolvimento: STA Studio | Hospedado por Median Host